Conservatório de Música da Maia

Candidaturas abertas
Cursos Oficiais
Curso de Iniciação
e
Curso Básico de Música

Informações  e Matriz Prova de Acesso

Iniciação

Formulário de candidatura

                    Informações e Matriz Prova de Acesso

                                 Curso Básico de Música

                            Formulário de Candidatura

Cursos Livres


Cursos Livres

Projeto EnsinARTE

Música

Pré- escolar - Crianças dos 3 aos 5 anos

Plano de estudos

- 2 aulas semanais de 45 minutos

Crianças dos 6 aos 9 anos

Plano de estudos

- Instrumento - 20 minutos/semana (individual)

- Aula de conjunto - 60 minutos(semana

Crianças e jovens a partir dos 10 anos

Plano de estudos

- Instrumento - 30 minutos/semana (individual)

- Aula de conjunto - 60 minutos(semana

Jovens e adultos a partir dos 17 anos

Plano de estudos

- Instrumento - 30 minutos/semana (individual)

- Formação Musical - 45 minutos(semana

- Classe de Conjunto - 45 minutos/semana.

Projeto EnsinARTE

Método Suzuki - Violino

Crianças dos 6 e 7 anos

Plano de estudos

- Violino - 20 minutos( semana;

- Classe de conjunto - 30 minutos/semana.

Crianças dos 8 e 9 anos

Plano de estudos

- Violino - 30 minutos( semana;

- Classe de conjunto - 45 minutos/semana.

Projeto EnsinARTE

Dança

Crianças a partir dos 4 anos de idade

Plano de estudos

- Dança - 90 minutos(semana

- Música- 45 minutos/semana

Projeto InovARTE

Estamos perante uma sociedade que vive cada vez mais dependente de uma rotina. Esta rotina é, obviamente, necessária para que nos possamos organizar e, em certo modo, para mantermos um equilíbrio. No entanto, o risco de nos tornarmos alheios, desapegados e acomodados com a rotina é elevado e já conhecido: tornamo-nos menos criativos, menos desenrascados e mais repetitivos. Pensemos, então, até que ponto podemos ajudar as crianças a quebrar a rotina, sem saírem dela? No InovARTE queremos que a rotina seja apenas um espaço-tempo e que todo o projeto, que pretende englobar diferentes linguagens artísticas, tenha como engrenagem a surpresa e, com ela, o genuíno interesse da criança. Com o quebrar da rotina sem dela sair, ensinamos e aprendemos a lidar com o imprevisto e, consequentemente, com as frustrações e emoções que lhe podem ser associadas.

Assim, numa dinâmica constante de cooperação, colaboração e comunicação, propomo-nos a educar para a música e para a arte, tendo como objetivos gerais os de:

- Desenvolver a criatividade e dar voz ao imaginário infantil;

- Contactar com diferentes linguagens artísticas;

- Aprender a importância de ser e estar em comunidade;

- Aprender a respeitar a si mesmo e ao outro;

- Aprender a respeitar o que lhe é estranho e contraditório;

- Aprender a diferença entre respeitar e incutir/adotar como meu;

- Aprender a falar do que lhe causa desconforto, sem medo de ser julgado, mal-entendido ou menosprezado;

- Compreender e desenvolver a empatia;

- Aprender a ouvir e entender as suas emoções, por forma a não as confundir;

- Aprender a expressar as suas emoções.Metodologia de projeto:

Neste ideal de projeto, cada viagem tem um destino. Os alunos desenvolvem projetos que sejam do seu interesse ao mesmo tempo que mobilizam, investem e desenvolvem competências e aprendizagens no ensino artístico. Assim, pretende-se que a cooperação - entre orientadores/ alunos e entre as demais linguagens artísticas - seja meio e meta para se explorar, experimentar e vivenciar aprendizagens.

Cada criança pode ser agente ativo e co-construtor da sua aprendizagem e, em simultâneo, da aprendizagem do grupo, aprendendo a se autoconhecer, a apoiar o outro na sua tarefa, a cooperar e colaborar para um objetivo comum, a respeitar a si mesmo e ao outro e a manterem-se unidos para um projeto maior que cada um deles. Podem, ainda, ser agentes ativos na pesquisa, análise, compreensão, construção e transferência de informação e conhecimento, valorizando a experiência e a tentativa-erro de cada um.

Cada projeto culminará numa apresentação pública, que pode passar por uma audição, exposição, gravação, poster, etc. Neste sentido, aprendem a estabelecer objectivos, mobilizar recursos e gerir esforços, ao mesmo tempo que aprendem a monitorizar o trabalho num ambiente de colaboração com os seus pares.

Crianças dos 5 aos 9 anos

Plano de estudos

- 2 aulas semanais de 50 minutos de diferentes linguagens artística