Conservatório de Música da Maia

Oferta Formativa

Cursos de Música

  • 1º Ciclo / Iniciação Musical em Regime Supletivo;

  • Curso Básico de Música em regime Articulado ou Supletivo;

  • Curso Secundário de Música em regime Supletivo.

A Iniciação Musical é frequentado por crianças que frequentam o 1º ciclo. Além do tempo que estão nas Escolas do ensino regular, estas crianças têm no Conservatório uma oferta educativa no Ensino Especializado da Música que contempla a aprendizagem de um instrumento musical, uma aula em turma de Iniciação Musical, onde aprende a ler e a escrever música com uma metodologia adaptada à sua idade. Como complemento desta formação, os alunos têm, ainda, a disciplina de Classes de Conjunto que as leva a praticar as vivências e os ensinamentos adquiridos em conjunto com outras crianças da mesma idade ou idades semelhantes.

O Curso Básico de Música destina-se a alunos que frequentam o 2º e 3º ciclos do Ensino Básico (do 5º ao 9º ano de escolaridade). Pode ser frequentado no Regime Articulado ou Supletivo. Em ambos, os alunos frequentam 3 disciplinas: Instrumento, Formação Musical e Classes de Conjunto. Os planos de estudos dos Cursos Básicos de Música são regulamentados pela Portaria n.º 223-A/2018, de 3 de agosto


O Curso Secundário de Música destina-se a alunos que frequentam o 10º, 11º e 12º anos. O Regime que o CMM oferece é o Supletivo. Os alunos têm no Conservatório um complemento à sua formação geral na área do Ensino Especializado de Música. Depois de concluído este curso, a formação aquirida permite candidatar-se ao Ensino Superior nesta área de ensino. Os planos de estudos dos Cursos Secundários de Música são regulamentados pela Portaria n.º 229-A/2018, de 14 de agosto. 

Regimes de frequência

O Conservatório de Música da Maia oferece o Regime Articulado no 2º e 3º ciclos. O Regime Supletivo pode ser frequentado em todos os níveis oferecidos.

O Regime Articulado consiste na frequência, em articulação, da Escola do Regime Geral e o Ensino Artístico Especializado ministrado no Conservatório. Os alunos têm a dispensa de frequência de algumas disciplinas da componente geral que por sua vez são substituídas por outras ministradas no Conservatório. Os horários de ambas as Escolas são construídos de forma a que permita ao aluno frequentá-las sem sobreposição dos mesmos. As avaliações obtidas no Conservatório são enviadas para a escola do Ensino Regular para serem discutidas no Conselho de Turma desta Escola.

O Regime Supletivo implica uma independência na frequência da Escola do Ensino Regular e o

Conservatório. Os alunos frequentam ambas as Escolas sem uma ligação entre elas.

Quer o Regime Articulado quer o Supletivo são regulamentados pela Portaria n.º 223-A/2018, de 3 de agosto (Curso Básico) e pela Portaria n.º 229-A/2018, de 14 de agosto (Curso Secundário).


Escolas com Protocolo de Articulação com Conservatório de Música da Maia


Agrupamento de Escolas do Castelo da Maia;

Agrupamento de Escolas Levante - Maia;

Agrupamento de Escolas de Alfena;

Colégio Novo da Maia

Externato António Nobre


Regime livre

O regime livre não impõem a frequência de um plano de estudos definido. Os alunos frequentam como lhes for possível. Na disciplina de Instrumento têm um programa adaptado à sua realidade. Nas disciplinas de turma, se as pretenderem frequentar, serão colocados no nível de conhecimentos que possuem no momento e frequentam normalmente a turma. Nâo serão sujeitos a momentos de avaliação mas terão consciência da sua evolução. No final do respetivo ciclo de formação, se desejarem creditar o que aprenderam, poderão solicitar uma Prova de Equivalência à Frequência. 





Cursos Livres

Projeto EnsinARTE

Música

Pré- escolar - Crianças dos 3 aos 5 anos

Plano de estudos

- 2 aulas semanais de 45 minutos


Crianças dos 6 aos 9 anos

Plano de estudos

- Instrumento - 20 minutos/semana (individual)

- Aula de conjunto - 60 minutos(semana


Crianças e jovens a partir dos 10 anos

Plano de estudos

- Instrumento - 30 minutos/semana (individual)

- Aula de conjunto - 60 minutos(semana


Jovens e adultos a partir dos 17 anos

Plano de estudos

- Instrumento - 30 minutos/semana (individual)

- Formação Musical - 45 minutos(semana

- Classe de Conjunto - 45 minutos/semana.


Projeto EnsinARTE

Método Suzuki - Violino

Crianças dos 6 e 7 anos

Plano de estudos

- Violino - 20 minutos( semana;

- Classe de conjunto - 30 minutos/semana.

Crianças dos 8 e 9 anos

Plano de estudos

- Violino - 30 minutos( semana;

- Classe de conjunto - 45 minutos/semana.

Projeto EnsinARTE

Dança

Crianças a partir dos 4 anos de idade

Plano de estudos

- Dança - 90 minutos(semana

- Música- 45 minutos/semana


Projeto InovARTE

Estamos perante uma sociedade que vive cada vez mais dependente de uma rotina. Esta rotina é, obviamente, necessária para que nos possamos organizar e, em certo modo, para mantermos um equilíbrio. No entanto, o risco de nos tornarmos alheios, desapegados e acomodados com a rotina é elevado e já conhecido: tornamo-nos menos criativos, menos desenrascados e mais repetitivos. Pensemos, então, até que ponto podemos ajudar as crianças a quebrar a rotina, sem saírem dela? No InovARTE queremos que a rotina seja apenas um espaço-tempo e que todo o projeto, que pretende englobar diferentes linguagens artísticas, tenha como engrenagem a surpresa e, com ela, o genuíno interesse da criança. Com o quebrar da rotina sem dela sair, ensinamos e aprendemos a lidar com o imprevisto e, consequentemente, com as frustrações e emoções que lhe podem ser associadas.

Assim, numa dinâmica constante de cooperação, colaboração e comunicação, propomo-nos a educar para a música e para a arte, tendo como objetivos gerais os de:

- Desenvolver a criatividade e dar voz ao imaginário infantil;

- Contactar com diferentes linguagens artísticas;

- Aprender a importância de ser e estar em comunidade;

- Aprender a respeitar a si mesmo e ao outro;

- Aprender a respeitar o que lhe é estranho e contraditório;

- Aprender a diferença entre respeitar e incutir/adotar como meu;

- Aprender a falar do que lhe causa desconforto, sem medo de ser julgado, mal-entendido ou menosprezado;

- Compreender e desenvolver a empatia;

- Aprender a ouvir e entender as suas emoções, por forma a não as confundir;

- Aprender a expressar as suas emoções.Metodologia de projeto:

Neste ideal de projeto, cada viagem tem um destino. Os alunos desenvolvem projetos que sejam do seu interesse ao mesmo tempo que mobilizam, investem e desenvolvem competências e aprendizagens no ensino artístico. Assim, pretende-se que a cooperação - entre orientadores/ alunos e entre as demais linguagens artísticas - seja meio e meta para se explorar, experimentar e vivenciar aprendizagens.

Cada criança pode ser agente ativo e co-construtor da sua aprendizagem e, em simultâneo, da aprendizagem do grupo, aprendendo a se autoconhecer, a apoiar o outro na sua tarefa, a cooperar e colaborar para um objetivo comum, a respeitar a si mesmo e ao outro e a manterem-se unidos para um projeto maior que cada um deles. Podem, ainda, ser agentes ativos na pesquisa, análise, compreensão, construção e transferência de informação e conhecimento, valorizando a experiência e a tentativa-erro de cada um.

Cada projeto culminará numa apresentação pública, que pode passar por uma audição, exposição, gravação, poster, etc. Neste sentido, aprendem a estabelecer objectivos, mobilizar recursos e gerir esforços, ao mesmo tempo que aprendem a monitorizar o trabalho num ambiente de colaboração com os seus pares.

Crianças dos 5 aos 9 anos

Plano de estudos

- 2 aulas semanais de 50 minutos de diferentes linguagens artística


Inscrições

Outras ofertas


ClassBand
Artes Circenses




Instrumentos leccionados


Bateria

Canto

Clarinete

Contrabaico

Flauta

Flauta de Bisel

Fagote

Oboé

Percussão

Piano

Saxofone

Trompa

Trompete

Viola Dedilhada

Violeta

Violino

Violoncelo